sábado, 24 de setembro de 2011

Metrobus promete novo Eixo (MP)
sábado, 24 de setembro de 2011


Cejane Pupulin
As 19 estações do Eixo Anhanguera e o Terminal da Praça da Bíblia, em Goiânia, passarão por reformas profundas a partir da segunda quinzena do mês de outubro. A informação é do presidente da Metrobus – empresa estatal responsável pelo Eixo –, Carlos Maranhão. As obras ainda estão em processo de licitação.
Enquanto a reforma não começa, como ação emergencial na via, a Metrobus realiza a frenagem do asfalto – processo que retira cerca de dois centímetros da massa asfáltica superior da pista – em quatro trechos. De acordo com Maranhão, esse procedimento permite retirar o óleo da pista e evitar acidentes. “Se as chuvas começarem, esses trechos poderiam causar imprevistos.” Os locais em que haverá as ações emergenciais são: estação do Palmito, no Jardim Novo Mundo, nas proximidades do Hospital de Geral de Goiânia (HGG); na região do Dergo; e do Capuava. As duas primeiras já foram realizadas.
Em outubro, todo o asfalto dos 14 quilômetros do Eixo será trocado. Além disso, todas as plataformas e os cinco terminais que recebem os ônibus do Eixo Anhanguera serão beneficiados. As 19 plataformas receberão pintura nova e ainda vão ganhar um novo visual. Segundo Maranhão, as grades das estações serão retiradas e os passageiros terão locais para sentar após as modificações. “Para embelezar a cidade, os canos da via serão trocados por floreiras”, complementa.
Outra novidade para os passageiros nas plataformas é a instalação, já realizada, de seis câmaras de segurança em cada uma. Para as obras, serão investidos R$ 4 milhões, em uma parceria entre a Metrobus e Prefeitura de Goiânia. 
A principal reforma de terminal é o da Praça da Bíblia, que também será ampliado em 80 metros quadrados. Só para essa obra serão investidos R$ 2,2 milhões. Segundo Maranhão, as alterações no local seguirão os moldes da reforma do Terminal Cruzeiro, em Aparecida de Goiânia. A ampliação do local será para receber os ônibus das linhas alimentadoras.
Em seguida, ainda este ano, será lançada a reforma do Terminal Padre Pelágio. E para o próximo ano, o Terminal Novo Mundo passará por obras. Os terminais da Praça A e do Dergo apenas terão os sanitários melhorados.

Ônibus

A Metrobus negou que alguns dos 25 novos ônibus adquiridos no último dia 6 para o Eixo Anhanguera estão estragados. Carlos Maranhão complementou que todos os veículos adquiridos são novos e têm garantia. “Quando você compra um carro zero na concessionária tem a garantia. O mesmo é com os ônibus.” 
A Metrobus confirmou que, no próximo dia 30 de setembro, outros cinco novos ônibus começarão a rodar pelo Eixo Anhanguera. O objetivo é que o restante dos 60 novos veículos comecem a trabalhar na primeira quinzena de novembro.
Fonte da Matéria: http://www.mp.go.gov.br/

sábado, 10 de setembro de 2011

GO já tem maior ônibus do mundo
SEG, 05 DE SETEMBRO DE 2011 15:15 ESCRITO POR REDAÇÃO WEBTRANSPO - FOTOS: DIVULGAÇÃO 0 COMENTÁRIOS

Cidades adotam novo sistema Mega BRT

Modelos foram entregues na semana passada

Transportar um maior volume de pessoas em menos tempo. Esta é a proposta das fabricantes de ônibus para atender a futura demanda de passageiros. Já viraram corriqueiros os lançamentos de modelos “gigantes” com capacidade para mais de 200 usuários.

Curitiba (PR) foi a primeira a receber em 1992 veículos com 25 metros e, em julho passado, colocou em operação modelos de 28 metros. Agora, a cidade de Goiânia (GO) também anuncia a entrada em operação de unidade idêntica, considerado o maior ônibus do mundo.

Trata-se dos chamados Mega BRT, encarroçados pela Neobus. A prefeitura da capital, em conjunto com a Metrobus – responsável pelo transporte urbano – adquiriu 30 ônibus biarticulados de 28 metros e 60 articulados, com 21 metros de comprimento, montados em cima de chassis produzidos pela Volvo.

Os novos ônibus começaram a ser entregues semana passada. Eles irão circular no corredor Anhanguera, que já está preparado para receber veículos deste porte.

Ligeirão já roda em Curitiba250 pessoas

De acordo com a prefeitura de Curitiba, os modelos biarticulados permitem o transporte de mais passageiros. Enquanto os coletivos garantem o embarque de até 180 usuários por viagem, os novos carros permitem o deslocamento de até 250 passageiros por viagem – um ganho de capacidade real de cerca de 47%.

Em março do ano passado, a cidade de São Paulo havia recebido, também da Volvo, um lote de 100 ônibus B9Salf, capacitados para mais de 200 passageiros.

Na época, a justificativa para a integração foi “a capacidade de transporte de 100 ônibus biarticulados é de 20 mil pessoas por dia, enquanto que para chegar a esse número são necessários algo perto de 14 mil veículos nas ruas”.

Encarroçada pela Caio Induscar – que também pertence ao Grupo Ruas - a centena de ônibus está sendo utilizada nas frotas das empresas Campo Belo, Cidade Dutra, Via Sul e Vip.