quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Goiânia: Corredor Universitário reduz stress de motoristas

08/01/2013 - RMTC

O Corredor Universitário otimizou o serviço de transporte coletivo e melhorou o fluxo de veículos no trecho. A melhoria já é realidade para motoristas e passageiros que passam pelo local diariamente. É fato que o trânsito no local melhorou.Mas e para o motorista de ônibus? O que mudou para ele e como ele se sente durante o trabalho? É o que vamos descobrir. Entrevistamos profissionais responsáveis por algumas linhas que circulam pelo trecho e eles constatam: stress reduziu para zero. Há 15 anos no transporte coletivo, Helton Hortalino viveu o antes-obra e afirma que voltar estressado para casa era rotina diária. "Antes eu precisava ficar trocando de faixa todo tempo para conseguir andar e tinha que tomar cuidado porque do nada poderia aparecer um carro e acabar colidindo", conta.

No horário de pico a situação era ainda pior. Segundo Helton, o pior trecho da Rua 10 era no viaduto da Marginal Botafogo. "Passar sobre a Marginal era um sufoco. No horário de pico não andava. Os carros se amontoavam no viaduto, ocupando todas as faixas da pista e os ônibus simplesmente não passavam, era um caos total". Ele ainda enfatiza que "passar pelo Corredor Universitário é uma maravilha. É rápido, é tranquilo, os passageiros também percebem isso e eu sempre volto para casa tranquilo, o que antes não seria possível".

Motorista relata melhoria no trabalho "Ótimo mesmo, melhorou bastante" é a opinião de Aparecido Evangelista, 42 anos, há 15 no transporte coletivo. De segunda a sexta, ele fica responsável pela linha 027 (T. Bandeiras / T. da Bíblia – Via T – 70) e aos sábados a 028 (T. Bandeiras / T. da Bíblia – Via T – 9) e com propriedade, fala sobre a mudança. "Eu acredito muito no transporte coletivo. Com o Corredor Universitário, meu trabalho ficou 100%, eu fico mais feliz de trabalhar no transporte coletivo" conclui Aparecido.

Fica claro que se trata de uma corrente, ou seja, com a melhora das vias (como visto no Corredor Universitário), os ônibus circulam com preferência, a velocidade média aumenta, os passageiros chegam mais rápido ao seu destino e, assim, o ônibus se torna a melhor opção de transporte, reduzindo a quantidade de carros nas ruas, contribuindo para a mobilidade urbana e uma cidade mais sustentável. Além disso, os motoristas trabalham com melhor qualidade.

Fonte: RMTC Goiânia

Nenhum comentário:

Postar um comentário