segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Goiânia: Metrobus apresenta novo modelo de ônibus e divulga o resultado da pesquisa sobre a cor dos novos veículos

01/07/2011 - Goias Agora

O Governo de Goiás, por meio da Metrobus, adquiriu 90 ônibus articulados e biarticulados junto ao consórcio formado pelas empresas Suécia e San Martino, que vão atender a linha do Eixo-Anhanguera. A previsão do presidente da Metrobus, Carlos Maranhão, é de que até o final deste mês 25 novos ônibus estejam circulando (20 articulados e cinco biarticulados). “Esses novos ônibus vão aumentar em 20% a capacidade de transporte de passageiros”, frisa Carlos Maranhão.

A frota atual da Metrobus é de 110 ônibus, que serão substituídos pela nova frota. O novo modelo de ônibus foi apresentado nesta tarde à imprensa. O consórcio tem um prazo de entrega até o mês de outubro para os 30 biarticulados e até o mês de novembro para os 60 articulados. Os contratos de compra foram assinados no dia 22 de julho.


Os usuários da linha do Eixo-Anhanguera participaram de uma enquete, realizada pelo Epom-Pesquisa de Mercado, nos dias 28 e 29 de julho, nos cinco terminais da linha para a escolha do modelo da pintura da nova frota. Foram disponibilizadas três cores para votação: azul; prata com detalhes de outras cores e azul com detalhes verde e amarelo. A maioria dos 22.640 entrevistados escolheu a cor azul, elaborada a partir das cores que representam a Metrobus S/A.

Os 90 veículos, do modelo Mega-BRT (sigla inglesa para ônibus de trânsito rápido), da marca Volvo, custaram aos cofres do Tesouro Estadual, R$ 87 milhões. “Esses veículos são os maiores articulados do Brasil e do mundo”, destaca o presidente da Metrobus. Os ônibus têm motor eletrônico, suspensão eletrônica, computador de bordo, monitor de TV e um sistema eletrônico de seguranaça que não permite o deslocamento com a porta aberta. Os articulados suportam 170 passageiros, com 45 assentos; já os biarticulados têm 270 lugares e 60 assentos, com espaço para uma cadeira de rodas.

Investimentos

O presidente da Metrobus, Carlos Maranhão, anunciou que além da renovação completa da frota do Eixo-Anhanguera serão executadas obras de reforma e ampliação ao longo da via, no valor de R$ 11 milhões. O Governo do Estado em parceria com a prefeitura de Goiânia vai substituir o asfalto antigo da Avenida Anhanguera. “Vamos reformar todas as plataformas de passageiros e os terminais da Praça da Bíblia e Padre Pelágio. O da Praça da Bíblia será ampliado em 80 metros, e deve ser concluído até o final deste ano. Está prevista também a ampliação da linha no sentido oeste, até o Vera Cruz. Com a chegada dos Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) a nova frota será utilizada na extensão do Eixo Anhanguera", explica Maranhão.

Sobre a reclamação dos passageiros do Eixo-Anhanguera, relativa ao tumulto nos terminais, o presidente da Metrobus disse que “parte do problema do tumulto nos terminais se deve a existência de camelôs e à falta de organização das filas. Estamos treinando 60 antigos fiscais para resolver esses problemas”. Outra reivindicação dos usuários da linha é referente à baixa velocidade dos ônibus. “A solução é fazer linhas diretas, em locais com demanda maior. Vamos enlarguecer a pista em alguns pontos, para que seja permitida a ultrapassagem. Ela vai invadir a pista dos carros. Em alguns lugares não será permitido estacionar”, afirma Carlos Maranhão.

Fonte: Goiás Agora (http://www.noticias.goias.gov.br/index.php?idMateria=110632&tp=positivo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário