domingo, 1 de julho de 2012

Eixo T-7 vai ser próximo corredor

28/06/2012 - O Hoje

Uma caminhada simbólica na noite de ontem marcou a inauguração do corredor preferencial para o transporte coletivo que liga a Praça Cívica ao Terminal da Praça da Bíblia, em Goiânia. O Eixo Universitário possui 2,5 km de extensão e seria o primeiro de 14 corredores que serão implementados na cidade, de acordo com o prefeito Paulo Garcia (PT). A ciclovia que percorre o canteiro central da Avenida Universitária também mereceu destaque, pois se trata de uma reivindicação antiga da população.

Uma bênção católica antecedeu o descerramento da placa, que marcou o início da caminhada. Acompanhado de vereadores, deputados aliados e representantes do movimento de ciclistas da capital, Paulo Garcia percorreu um pequeno trecho da ciclovia, rodeado de assessores. Ao final, um palanque inesperado por ele e por sua assessoria estava montado, o obrigando a subir e discursar de improviso aos presentes. Reitores das universidades Federal e Católica, parceiros na construção da ciclovia, também estiveram presentes na inauguração.

“Inauguramos hoje a primeira ciclovia definitiva de Goiânia, além de uma obra que contempla desde o elo mais fraco da cadeia, que são os pedestres, até o mais representativo, por meio do corredor preferencial destinado ao transporte público”, pontuou o prefeito. Perguntado sobre o motivo de inaugurar a obra mesmo que ainda houvesse alguns trechos inacabados, ele respondeu que não deixaria de falar de “uma obra tão bonita” por causa disso.

Durante toda a tarde de ontem, funcionários da Prefeitura trabalharam diante de todo o eixo universitário para realizar os últimos detalhes da obra. Canteiros e, principalmente, partes da Praça Universitária foram finalizados às pressas no período. Os abrigos dos pontos de ônibus ainda estavam em falta.

Bandeiras

Durante seu pronunciamento, Paulo Garcia anunciou que o próximo trecho a receber um corredor preferencial será o que liga o Terminal das Bandeiras, no Jardim Europa, até o Terminal da Praça da Bíblia, no Setor Universitário, se interligando ao corredor inaugurado ontem por meio do Eixo T-7. “Esta obra será iniciada imediatamente após o término do Eixo Universitário”, declarou. Com o eixo, a região sudoeste de Goiânia ficará interligada com a central, passando pelo Setor Oeste.

Ao longo da Avenida Universitária foi implantado um novo sistema de fiscalização eletrônica que pretende limitar a velocidade em todas as faixas e também forçar a obediência à sinalização semafórica, já que houve a implantação de três semáforos. Câmeras na via e imediações irão auxiliar no monitoramento em tempo real. Como noticiado ontem, os veículos que permanecerem por mais de uma quadra na faixa preferencial para os ônibus serão multados em 67 reais. As autuações devem iniciar 30 dias após a implementação total do corredor.

Obras

Além do corredor da Avenida T-7, estão previstas as construções de outros corredores nas Avenidas 85 e Independência, além de outros que procedem das regiões do Centro expandido, noroeste, leste, sul e sudoeste.

De acordo com dados da Prefeitura, a média de fluxo ao longo da Avenida Universitária é de 50 mil pessoas diariamente. As três faixas do corredor somam nove metros de largura, sendo 3,2 da faixa preferencial e 2,6 para as vias de tráfego normal. A ciclovia possui uma largura de 2,6 metros.

Ao todo, nove linhas de ônibus trafegam em todo o trecho do corredor: 019, 027, 164, 167, 257, 400, 401, 905 e 917; outras quatro cortam a avenida: 900, 302, 901 e 302; mais 12 circulam apenas por parte dela: 266, 913, 914, 020, 021, 028, 170, 906, 907, 908, 909 e 180.

Nenhum comentário:

Postar um comentário